O que é o creator economy? Como ela tem impactado o mercado?

Entenda o que é creator economy, os impactos dessa filosofia de “só se vive uma vez” no mercado e a relação com o pós pandemia.

creator, o que é esse termo? O que ele significa? Você já tinha ouvido falar?

A Covid-19 impactou a vida de pessoas no mundo inteiro, trazendo ainda mais incertezas sobre o dia de amanhã.

Esse contexto pandêmico estimulou um comportamento não necessariamente novo, mas que ganhou força no último ano. Estamos falando do You Only Live Once – ou creator economy.

Neste artigo, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o que é a economia do “só se vive uma vez” e os impactos que esse comportamento exerce no mercado.

Leia também em nosso blog: Economia Criativa e Economia da Paixão, que história é essa?

Antes de falarmos de creator economy, que tal entender melhor o conceito de creator, o que significa essa sigla afinal?

Este video da Professora Manuka te deu a resposta: 

O que é o creator economy?

Creator é a sigla para a expressão You Only Live Once – em português, “só se vive uma vez”.

A creator economy é um dos efeitos pós pandemia (pelo menos para os países que já podem olhar esse período difícil pelo retrovisor).

Trata-se de uma tendência apontada recentemente pelo colunista do The New York Times, Kevin Roose. Em seu artigo, publicado em maio de 2021, Roose chama a atenção para um comportamento observado principalmente entre os Millennials (nascidos na década de 1980 até o final do século XX).

Roose observou uma tendência dos Millennials em assumir mais riscos em prol de um estilo de vida que lhes dê maior realização e autonomia para fazer o que bem entenderem.

A creator economy, segundo o artigo do The New York Times, é fruto de um comportamento rebelde (no melhor sentido da palavra) de uma geração disposta a abrir mão de uma estabilidade de emprego para arriscar e experimentar outras alternativas que não a faça ser refém de um corporativismo tradicional.

Características e motivações da economia do creator economy:

  • Flexibilidade no trabalho;
  • Gastar mais e poupar menos;
  • Autonomia para fazer que quer e quando quer;
  • Uma ocupação que tenha mais valor;
  • Menor disposição para processos burocráticos;
  • Busca por uma maior qualidade de vida;
  • Valorização do “aqui e agora”.

Veja também: Qualquer um pode ser um criador de conteúdo

Quais as consequências do Creator Economy no mercado?

Após mais de um ano reclusos em casa e trabalhando à distância, muitos desses “rebeldes” da geração Millennial não têm interesse em voltar para o trabalho presencial e passaram a valorizar ainda mais sua liberdade e autonomia..

Com o dinheiro que eles conseguiram economizar durante a pandemia, os adeptos da filosofia do “só se vive uma vez” se sentem mais encorajados a fazer investimentos de maior risco, como mercado de ações, criptomoedas e novos empreendimentos.

Com o aumento do apetite ao risco, os simpatizantes da creator economy estão mudando de carreira, abrindo a própria empresa e tendo maior controle sobre seus ganhos.

Essa maior audácia profissional sacudiu o mercado e a forma com que as pessoas se relacionam com o trabalho. A experiência pandêmica levou as pessoas a repensarem suas prioridades e objetivos profissionais e pessoais.

O artigo do The New York Times cita uma pesquisa realizada pela Microsoft com os seus mais de 160 mil funcionários. A empresa constatou que mais de 40% de seus colaboradores pensam em largar seu emprego atual.

A creator economy tem feito as empresas refletirem sobre suas dinâmicas de trabalho. Muitas delas estão fazendo adaptações para dar maior autonomia e flexibilidade aos seus funcionários e retê-los em seu quadro efetivo no cenário pós pandemia.

Veja mais: Encontrando o seu nicho de mercado

Concluindo 

E você? Será que você se identificou com a economia do “só se vive uma vez”?

Agora pode acessar esse site gratuitamente pelo celular e comece a vender em 60 segundos qualquer tipo de conteudo no seu viplik.ai

  1. Entre no site viplink.ai
  2. Clique em “Cadastre-se agora”
  3. Preencha seu email, whatsapp
  4. Insira meus produtos e cadastre um
  5. Você receberá um email com seu link para começar a compartilhar seu link.

Veja mais sobre o Viplink: 

Quer começar a criar conteúdos digitais e iniciar suas atividades na creator economy? Então, faça isso direito! Leia nossas dicas e veja como criar o seu!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.